domingo, 20 de maio de 2012

No portão


Daqui a pouco 
é muito pouco
 pro muito que eu espero.

Quem sabe um dia 
é muito noite 
pro dia que eu quero.

E não há nada 
que pese em mim 
o tempo que me pesa
Fico sentada 
jogando fora
 a hora que me resta. 

Pois já não vale caminhar a esmo... 
Volta agora! 
Volta agora mesmo!

6 comentários:

Alexandre Pitta Guedes disse...

:o Muito booom! </3

Alice disse...

Eu acho que voltar, na maioria da vezes, é o melhor caminho.

Um beijo!

mfc disse...

Vale a pena continuar... sempre!
A busca do amor tem que ser incessante!

Fred Caju disse...

Demais, uma primeira estrofe digna!

Mima disse...

Encantei com seu blog. Tenho nojinho de poesia pobre e é tão raro conhecer quem faz assim tão legal :) Muito, muito fofo ^^

Dalva M. Ferreira disse...

Encantador.