sábado, 19 de novembro de 2011

Criação

Deus respirou fundo naquela manhã. Em seus pulmões, corria um ar cheio de amor por cada bichinho da terra que havia criado. Esse amor era tanto, que o Rei do universo quis compartilhá-lo com um ser especial que, embora ainda não existisse, já era esperado e planejado da maneira mais sublime.

Com todo carinho do mundo, moldou a certa criatura à sua imagem e, satisfeito, soprou um denso ar cheio de amor em seu nariz. Assim nasceu o homem. Aquele que fora escolhido para respirar um fragmento da alma divina por toda a eternidade.

8 comentários:

Jéssy disse...

Que lindo!

mfc disse...

A acreditar na "criação", porque criou o pobre, o desempregado, o refugiado, o desalojado, o doente, o infeliz...?

Não me venham dizer que isso foi obra do diabo!!!

Gaby Soncini disse...

Nossa, que lindo *___*

Essência e Palavras disse...

As criações são perfeitas, inclusive as suas. Adorei seu blog.

Obrigada pela visita no meu, te espero mais vezes.

beijo!

Lacorrilha disse...

:)

Luana Ferraz disse...

Essa sensação de Deus, é o contato com o AMOR, o maior e mais humano sentimento que existe!

Que bom te encontrar nessas linhas...

Um abraço apertado e cheio de letrinhas.

Carla Ceres disse...

Oi, Lívia! Que jeito mais carinhoso de contar! Amei. :) Beijos!

Anônimo disse...

Que lindo!!!
Bjs Mamy